Buscar

5 dicas de paisagismo para arquitetos



Cada ano que passa, as pessoas começam a entender os benefícios que o paisagismo traz nos espaços. Contato com a natureza é muito importante, nos enche de energia e melhora a nossa concentração, melhora a qualidade do ar e torna os espaços mais aconchegantes.

Para aproveitar todos os benefícios que a natureza tem, arquitetura e paisagismo trabalham em conjunto tanto nas áreas externas como na decoração dentro de apartamentos e prédios comerciais.

Por isso, estamos apresentando 5 técnicas que você precisa conhecer e aplicar nos seus projetos!


1 Local de implantação

Mesmo sendo um jardim ou alguns vasos, é importante conhecer o local aonde o paisagismo vai ser implantado. A orientação solar, tipo de solo, tipo de clima. Essas informações são importantes para definir qual tipo de planta vai se adaptar melhor naquelas condições. As plantas são seres vivos, porem precisam de cuidado e atenção especificas para cada uma.



2 Estilo de jardim

Bom, já sabemos as condicionantes do local. Agora devemos definir o estilo de jardim que desejamos para escolher o tipo de plantas. Pode ser um estilo tropical, clássico, moderno, colorido, zen, etc. As opções são muitas, mais o importante é escolher aquele estilo que combine com a arquitetura do local e com os gostos do cliente. A linguagem do conjunto tem que ter equilíbrio e harmonia.



3 Vasos

Os vasos são um bom recurso para colocar dentro ou fora da casa. Os vasos vêm em varias texturas, cores e materiais. Quando eles são colocados no exterior, devemos pensar em localizar eles de forma estratégica, ornamentando o jardim, soltos, em conjuntos ou alinhamentos. Mais sem sobrecarregar o ambiente.

Quando eles são colocados numa área interna, devemos prestar muita atenção na escolha de vegetação certa e a localização daqueles vasos. Algumas plantas se adaptam muito bem dento de casa e precisam poucos cuidados. Uma horta de temperos é uma ótima ideia, assim como flores decorativas e suculentas.




4 Mobiliários

Bancos, mesas, balanços, redes, etc. A vida ao ar livre vai além de um simples desenho de canteiros floridos. Devemos aproveitar ao máximo cada espaço que temos no exterior: seja um jardim ou uma sacada. Transformar esse espaço decorativo em um ambiente mais útil. Colocar a disposição mobiliários nos permite fazer uso daquele espaço e aproveitar o ambiente de forma mais completa com a família e amigos. O exterior se transforma numa extensão do interior.




5 Pisos e caminhos

Além de áreas ajardinadas e gramados, devemos pensar em áreas de pisos. Recomendamos colocar um chão embaixo dos mobiliários e circulações, afim de manter o espaço mais limpo e organizado, evitando o risco de transformar a grama em barro.

Para esses pisos existem uma ampla variedade de materiais: deck de madeira, revestimentos em pedra, cerâmicos, concreto, brita, entre outros.

Quando o jardim é grande, a criação de caminhos é um ótimo recurso. Podemos gerar passeios com visuais de interesse, conectando diferentes áreas do jardim. Esses caminhos podem ser retos ou ondulados, dependendo do efeito desejado. Vai na criatividade do professional utilizar os recursos dos pisos e caminhos para fazer um destaque no paisagismo.



Essas são algumas Técnicas básicas do Paisagismo.

Pense fora da caixa, e vai ver como um bom paisagismo faz toda a diferença! Quando ele é bem pensado e desenhado com detalhe e cuidado, embelece ainda mais a arquitetura.

E você, já inclui o paisagismo nos seus projetos?


Espero gostem do conteúdo desse post. Para saber mais sobre mim e sobre meus trabalhos podem visitar o meu site web: www.yaelgossis.com

Ou visitar meu instagram: @yaelgossisarq

Abs a todos!

Yael Gossis



*Os direitos autorais das imagens pertenecem aos seus respectivos donos.

  • Untitled-1
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn

Yael Gossis Arquitetura e Paisagismo